Caio pede por revitalização turística do Pico do Urubu

Indicação foi apresentada nesta quarta-feira (11 de outubro) durante sessão ordinária da Câmara de Mogi das Cruzes; documento tem a prerrogativa de promover a adequação dos instrumentos já existentes, como o pátio de estacionamento e os mirantes de observação, bem como de instalar lixeiras e banheiros públicos

O vereador Caio Cunha (PV) apresentou nesta quarta-feira (11 de outubro) uma indicação à prefeitura para a realização de estudos que visam a revitalização turística do Pico do Urubu. O pedido de melhorias, exposto durante sessão ordinária da Câmara de Mogi das Cruzes (avenida Vereador Narciso Yague Guimarães, 381 - Centro Cívico), tem a prerrogativa de promover a adequação dos instrumentos já existentes, como o pátio de estacionamento e os mirantes de observação, bem como de instalar lixeiras e banheiros públicos para os frequentadores, que, não de hoje, sofrem com a falta de infraestrutura.

Localizado no topo da Serra do Itapety, o mirante mais conhecido de Mogi das Cruzes possui altitude de 1.180 metros acima do nível do mar e é ponto de prática de vários esportes, como caminhada e montanhismo, mountain bike e vôo-livre. Inclusive, o local é palco de festivais e campeonatos, eventos realizados pela própria municipalidade.

De acordo com o parlamentar, mesmo sendo um ponto turístico e um local referência de esporte, os frequentadores permanecem sofrendo com a falta de infraestrutura. E, para mudar esta realidade, o verde destaca, em sua indicação, a adequação dos instrumentos já existentes, como o pátio de estacionamento, os mirantes de observação com guarda-corpos e a instalação de muros de arrimo para contenção de taludes, além da implantação de novas lixeiras e de banheiros públicos.

Segundo Caio, a proposta foi idealizada pelos jovens Anderson Prado, Elisa Caetano e Ana Ohara - tecnólogos do curso de Marketing da Universidade Braz Cubas –, que se basearam em estudos da Universidade de São Paulo (USP) sobre o potencial turístico municipal, levando em conta aspectos de localização e de atrações turísticas naturais:

“Os tecnólogos diagnosticaram uma das maiores dificuldades para implementação de infraestrutura básica no Pico do Urubu: o acesso à água. Portanto, foi incluída na indicação a utilização de um sistema de ‘banheiro seco’, utilizando um sistema de compostagem, que é totalmente ecológico e sustentável, assim como a realização de captação de água de chuva para outros fins”, afirmou.

Ainda sobre o princípio da sustentabilidade, Caio sugere a organização do estacionamento por meio de bloquetes ecológicos. Quanto ao aspecto do turismo esportivo, o vereador pede pela construção de uma plataforma para a possível colocação de uma tirolesa e que também servirá para prática de rapel; um mirante para contemplação da cidade; rampas de acesso para as pessoas com mobilidade reduzida; além de manter as rampas norte e sul para a prática do voo livre. Já para aproveitar o quadrante oeste, a área poderá ser reservada para algum tipo de comércio alimentício.

Segundo Caio, em 2013, ele havia conseguido uma verba de um convênio para revitalização do Pico do Urubu, porém, a prefeitura perdeu o prazo e acabou não recebendo o dinheiro:

“Desta vez, para viabilizar o recurso de adequação e de revitalização, sugiro, na indicação, o pleiteio por meio do Governo Estadual com a participação de Mogi (das Cruzes) como município de interesse turístico. Desta forma, conseguiremos fomentar o Turismo, ao passo em que valorizaremos nossa cidade”, conclui Caio.