fbpx

Movimento “Vamos Ocupar a Cidade” lança projeto que fomenta solidariedade

VOC com Amor e Solidariedade é a iniciativa que tem conectado doadores e entidades para atendimento social

 

O movimento "Vamos Ocupar a Cidade" já se consolidou como iniciativa política supra-partidária, integrado essencialmente por pessoas e feito para atender para pessoas. Durante a pandemia do Covid-19, não foi diferente. Os membros do VOC idealizaram o “VOC com Amor e Solidariedade” para fomentar as iniciativas que cuidam e apoiam as pessoas.

Os impactos econômicos trazidos aos mogianos, com a pandemia, afetaram principalmente aqueles que não possuem renda formal. Autônomos, microempreendedores e famílias de baixa renda foram os mais atingidos.

Por isso, os integrantes do “VOC com amor e Solidariedade” selecionaram algumas entidades e lançaram na internet um formulário para que qualquer pessoa física ou jurídica pudesse doar. Seja em dinheiro, produtos de limpeza ou cestas básicas ou até mesmo fazendo divulgação das ações dessa Corrente do Bem em suas redes sociais.

Há, ainda, espaço para que os doadores ofertem ou indiquem vagas de emprego, para formar a conexão daqueles que precisam trabalhar. E também há a possibilidade de oferecer entregas para empreendedores que fazem produtos para venda delivery.

“A ideia é fazermos um cadastro para formarmos uma corrente do bem com capilaridade para chegar na casa das pessoas”, sintetizou Caio Cunha, um dos idealizadores do VOC.

As instituições que serão apoiadas serão A Missão Intensidade, com atuação na Região da Serra do Itapety, o Coletivo Inadequados, com base em Jundiapeba e o IMVE, de Brás Cubas.

Os interessados em participar do “VOC com Amor e Solidariedade” podem manifestar seu apoio no site vocsolidariedade